As crianças da Educação Infantil celebraram a data com brincadeiras, desfiles e contação de histórias

Na última semana, os alunos do G2 ao 5º ano dos Salesianos Bahia realizaram atividades envolvendo brincadeiras, desfiles e histórias em comemoração ao St. Patrick’s Day ou o feriado de São Patrício. A tradicional festa irlandesa é comemorada em 17 de março em vários países como Estados Unidos, Austrália, Canadá e principalmente na Irlanda, em que é o patrono. 

Durante as comemorações, a Irlanda e outros países que falam a língua inglesa se cobrem de verde: pessoas, prédios, monumentos, rios, comidas e bebidas, tudo se veste da cor símbolo para comemorar o dia do padroeiro. Por isso, no programa do Inglês Estendido, as crianças foram convidadas a utilizar roupas e adereços verdes, seguindo a tradição!

Segundo a estudante Rafaelle Argolo, estudante da 2° série do Ensino Fundamental, o St. Patrick’s Day “foi uma atividade importante e muito legal para reforçar a cultura do inglês na nossa escola. Adorei tirar foto com meus colegas na ação que teve e gostei de ter conhecido a história de São Patrício.”

Para a Coordenadora do Programa de Inglês Estendido nos Salesianos Bahia, Sarah Holanda, “conhecer os hábitos, feriados e festas de países que falam língua inglesa é uma prática importante no ensino do idioma. Conviver com culturas diferentes tem um impacto direto na formação de uma pessoa, uma cultura diferente pode ampliar nossa capacidade cognitiva e, assim, aumentar os conhecimentos sobre o mundo.”

 

Por dentro da tradição

São Patrício nasceu no ano de 337 em uma região que ficava entre a Irlanda e a Escócia. Aos 16 anos, ele foi sequestrado por piratas irlandeses e levado para a Irlanda como escravo. Após 6 anos no cativeiro, Patrício conseguiu escapar e encontrou seus familiares.

O santo é conhecido por ter levado a religião católica para a Irlanda. Conta-se que ele se valeu da popularidade do trevo de 3 folhas entre os povos nativos da Irlanda, que consideravam a planta símbolo de sorte, para usá-la na evangelização dos celtas pagãos. O padroeiro explicava a doutrina da Santíssima Trindade comparando as folhas do trevo ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.

No Brasil, o primeiro registro de Dia do São Patrício foi ocorrido em 17 de Março de 1770 em uma igreja construída em homenagem ao santo, às margens do rio Itapecurú, no Maranhão.