20 alunos da 1ª a 3ª série do Ensino Médio do Colégio Salesiano Dom Bosco (Paralela) participaram, no último fim de semana (na sexta e no sábado) de uma atividade que simulava o funcionamento da Organização das Nações Unidas (ONU).

A atividade, que é organizada pela Internationali Negotia, aconteceu na Faculdade Ruy Barbosa, na Paralela, e ocorreu pela primeira fase de uma seletiva nacional.

Na simulação, os alunos exercitam a diplomacia. Com exercícios baseados no que ocorre de fato na geopolítica mundial, os participantes se tornam diplomatas representantes dos países que compõem o Conselho de Segurança da ONU.

As temáticas abordaram temas históricos e atuais. Uma delas tratava da Conferência de Berlim, e a outra comentava o Narcotráfico na América Latina, tema proposto pela Organização dos Estados Americanos (OEA).

Três dos alunos participantes conseguiram boas colocações. Para João Vitor Lôbo, da 3ª série A, que foi destaque como o ‘melhor delegado’ do evento, atividade foi muito proveitosa. “Foi uma experiência que acrescentou bastante. Foi basicamente um duelo de oratória e eu acho que, principalmente para as pessoas que não tinham tanta experiência com isso, acrescentou bastante”, diz.

O professor de Geografia Washington Luís foi um dos orientadores dos meninos e ressaltou a importância do projeto. “Foram dois dias de um intenso trabalho. Eles se desafiaram a descobrir, se permitir e interagir com pessoas que eles nunca tinham estado antes”, conta.

Ele ainda comentou como a atividade favoreceu o desenvolvimento dos alunos. “Nós pudemos ver que a evolução e o crescimento de muitos alunos foi extremamente significativos. Conseguimos posições de destaque, ficando a frente de colégios que já têm essa pratica há algum tempo”.

Beatriz Amorim, da 3ª série B, também foi premiada com uma menção honrosa. Ela destaca que a iniciativa foi muito bacana. “Você se coloca em uma posição diferente, sai da sua zona de conforto para assumir um país que às vezes não possui a mesma ideologia que você”.

O Salesiano ainda teve outro destaque com menção honrosa. O premiado foi Gabriel Lucas, da 2ª série A. Para ele, a experiência foi um pontapé para o futuro. “Eu adorei essa experiência no simulado na ONU. Achei muito construtiva e encontrei nela algo que eu realmente gostaria de fazer”.

Os três alunos premiados viajarão para Brasília para mais um encontro pela próxima fase da simulação.