A Primeira Santa nascida na Bahia, Irmã Dulce, será canonizada pelo Vaticano. A notícia alegrou toda a Comunidade Salesiana de Salvador que manifestou por meio de uma nota a felicidade da canonização de Irmã Dulce dos Pobres. Oficialmente, a informação foi publicada no Vatican News, canal de comunicação oficial da Santa Sé. De acordo com o site, “Com o Decreto autorizado pelo Santo Padre reconhecendo o milagre atribuído à intercessão de Irmã Dulce, a Baeta será proximamente proclamada santa em solene celebração de canonizações”.

Irmã Dulce era religiosa da Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus. Ela nasceu em Salvador, em 26 de maio de 1914. A beata fundou uma das maiores obras sociais do Brasil, a Associação Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), cujo hospital atende uma média de 3,5 milhões de pacientes por ano, totalmente gratuito. Em 13 de março de 1992, aos 77 anos, no Convento Santo Antônio, em Salvador, Irmã Dulce veio a falecer. Mas, até hoje é considerada um grande exemplo de cidadã e cristã.